imagem Notícias

Imprimir esta notícia        Enviar esta notícia por email

Restaurante Popular de Colatina define tarifas diferenciadas a partir desta segunda-feira


17/05/2013 -

Quando o Restaurante Popular de Colatina foi inaugurado, em agosto de 2011, sua meta era atender prioritariamente, trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, pessoas em situação de rua e famílias em situação de risco e insegurança alimentar ou nutricional.

Ao longo desse tempo de atendimento ao público, a Secretaria de Assistência Social (Semas), identificou que o restaurante tem atingido seu objetivo, entretanto, vem sendo muito usado pelo público que não tem perfil do público prioritário. Diante disso, desde a última quarta-feira (15), um comunicado alerta aos usuários sobre mudanças no uso do serviço.

Conforme explicou a secretária de Assistência Social, Fernanda Mota, o custo da refeição para o município é de R$ 4,22. No entanto, desde que abriu, o restaurante tinha cota única para a população no valor de R$2,00, enquanto a outra parte, de R$ 2,22, era subsidiada pela administração.

Porém, a Prefeitura decidiu criar novas regras para a utilização do serviço.  "Visto essa situação, decidimos que seria implantado como  estratégia para equacionar o problema apresentado  a tarifa diferenciada de acordo com o perfil socioeconômico do usuário" pontuou Mota.

Por isso, a partir desta segunda-feira (20), será cobrado o valor de R$ 4,20 para a refeição, para pessoas não cadastradas. E R$ 2,00 para pessoas cadastras. Já para a venda de marmitex o sistema será o mesmo. Pessoas com carteirinha o valor continuará sendo R$ 2,50, enquanto que os não cadastradas irá pagar R$ 4,85.

Cadastro

Segundo a representante da secretaria, será considerado o Cadastro Único dos programas sociais para garantir o direito da refeição a R$ 2,00. Durante 30 dias uma equipe da Secretaria estará no restaurante para identificar essas pessoas, através de consulta no "CadÚnico" e confecção de carteirinhas. As pessoas que se enquadram no grupo prioritário terá uma carteirinha que garantirá a refeição a R$ 2,00.

Aqueles que não possuem cadastro e se enquadram no perfil será encaminhado para a Semas, para regularizar sua situação e ser atendido."No entando, qualquer pessoa poderá continuar a fazer sua refeição no restaurante popular, a R$ 4,22" finalizou Fernanda Mota.

Por dia são oferecidas cerca de mil refeições. O Restaurante funciona de segunda à sexta-feira, na rua Pedro Epichin, no bairro Colatina Velha, das 10h30 às 14 horas.
 

 

 
     
     
     

 

Clique aqui para ler mais notícias desta área

imagem Últimas notícias

15/12/2017 - Colatina entre os municípios que poderão usar recursos do fundo para redução das desigualdades regio

15/12/2017 - Chuvas melhoram produção leiteira do município

15/12/2017 - Licitação.

14/12/2017 - Horário especial do comércio para as festas de Natal e Ano Novo

13/12/2017 - O especial clima natalino toma conta de nossa cidade

13/12/2017 - Votação - Conselho Tutelar

13/12/2017 - Refis 2017

12/12/2017 - Plano Municipal de Assistência Social

Copyright© 2017 PREFEITURA MUNICIPAL DE COLATINA - Todos os Direitos Reservados.
Av. Ângelo Giuberti, 343 - Bairro Esplanada - CEP 29702-712 - Fone: (27) 3177-7000
Secretaria Municipal de Comunicação Social     « Fale com o Webmaster »